Português Italian English Spanish

"Só interna se estiver com a Covid-19", essa é a realidade dos hospitais de Porto Velho. Não há leitos e não tem mais hospitais.

"Só interna se estiver com a Covid-19", essa é a realidade dos hospitais de Porto Velho. Não há leitos e não tem mais hospitais.


O desabafo revela a situação deprimente foi revelada por vários internautas que estão revoltados com a falta de estrutura, planejamento e atenção para com aqueles que estão enfermos de outras doenças e não poderão serem assistidos, mesmo tendo plano de saúde ou pagando pela internação. No final da matéria UM HOSPITAL DA UNIR COMPLETAMENTE ABANDONADO EM PORTO VELHO COM 200 LEITOS.

Impressionada com o que está acontecendo em Rondônia. Ontem, uma amiga idosa, que não tem plano de saúde, apresentou um quadro grave de infecção; não era Corona. Ela simplesmente não foi internada, só internam Covid. Os filhos a levaram a um hospital particular, dispostos a pagar: também não havia vagas. A maioria dos leitos estava com doentes de Covid. E aí a gente se pergunta: Por que o governo e o município não ergueram hospitais de Campanha? Houve bastante tempo para isto. Sabemos que receberam recursos; pra onde foram esses recursos, que deixaram de ser aplicados em hospitais de Campanha? Se usaram para comprar leitos em hospitais particulares, acho que erraram feio, os particulares também têm outras demandas. Estamos vivendo uma situação em que as pessoas só adoecem de Covid, em Porto Velho? E as outras doenças, como Infarto, AVC , Pneumonia, infecções bacterianas, Dengue, Zica, Hepatite, Úlcera Gástrica, Asma, Problemas Renais, Diabetes etc? Acho que há um equívoco grande nessa logística “criada” para atender esse vírus. As pessoas há alguns meses só morrem de Covid, ou outras doenças sem tratamento estão matando? Sim, porque as outras doenças continuam existindo. Porto Velho está entregue a própria sorte. Cuidado! Se você não adoecer de Covid, ficará sem tratamento. Se for idoso e tiver Covid, certamente o idoso perderá a disputa por um leito; isto estaria acontecendo em certo hospital público.

O texto acima foi extraído de um desabafo de uma internauta de Porto Velho e outros leitores começaram a revelar que também está acontecendo com outras pessoas.

INACREDITÁVEL: EM PORTO VELHO EXISTE UM HOSPITAL QUE CONSUMIU 10 MILHÕES DE REAIS E A UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÃO CONSEGUIU ENTREGAR. SÃO MAIS DE 200 LEITOS E SERIA VITAL NESSE MOMENTO DA PANDEMIA.