Português Italian English Spanish

ACADEMIAS PEDEM SOCORRO EM PORTO VELHO POR ESTAREM FECHADAS E A ATENÇÃO DO GOVERNADOR MARCOS ROCHA.

ACADEMIAS PEDEM SOCORRO EM PORTO VELHO POR ESTAREM FECHADAS E A ATENÇÃO DO GOVERNADOR MARCOS ROCHA.


Devido ao Decreto Estadual que iniciou em 17 de janeiro e se estende por dez dias, academias estão sofrendo com o fechamento imposto pelas restrições da COVID-19. Os empreendedores amargam pelo prejuízo de mais um fechamento. A atividade física ajuda a manter a imunidade do organismo e contribui para que muitos profissionais que atuam nas academias possam sustentar famílias e pagar suas contas. "Não é justo pagarmos um preço tão alto. Pedimos socorro ao Governador de Rondônia e as autoridades".

Desde o último dia 17 de janeiro as academias (setor fitness) foi abalado novamente com a obrigatoriedade de fechamento devido ao Decreto Estadual impondo novas restrições em Porto Velho, por conta do avanço da COVID-19 (Fase 1) que irão perdurar até a próxima quarta-feira, 27 de janeiro. Baseado em evidências científicas, um documento foi desenvolvido internacionalmente pela Associação Internacional das Academias com a finalidade de chamar a atenção da população, grupos sociais e os órgãos públicos responsáveis para a importância em promover uma vida mais ativa, considerando que existem benefícios para a saúde física, mental e social, inclusive em tempos de Covid-19. 

O objetivo desse editorial é esclarecer à população de Porto Velho, que o fechamento de academias em nada solucionará o avanço da COVID-19. Os proprietários desse importante setor, um dos que mais cresceu na última década e trabalhadores do corpo, precisam trabalhar, são empreendedores, geram emprego e renda e, estão sendo penalizados novamente. Há estudos científicos comprovando que a prática de exercícios e atividades físicas ajuda a conter o avanço da pandemia, pois, o vírus, aloja-se em corpos com baixa imunidade. A atividade física com responsabilidade e com os cuidados que estamos tendo (proteção) aumenta a imunização do organismo, Junior Oliveira em LIVE no youtube. (@coachjunioroliveira) - instagran.