Português Italian English Spanish

BOLSONARO TEM CERTEZA QUE SERÁ REELEITO EM 2022 E CHAMA LULA E FHC DE "LADRÃO E VAGABUNDO"!

BOLSONARO TEM CERTEZA QUE SERÁ REELEITO EM 2022 E CHAMA LULA E FHC DE "LADRÃO E VAGABUNDO"!


O Presidente Bolsonaro nesta sexta-feira, 21 de maio, disse que só não será reeleito em 2022 se as urnas não forem auditáveis, ou seja, o voto impresso como conferência. Disse que Lula é Ladrão e FHC um vagabundo, remetendo a uma possível aliança entre petistas e tucanos em apoio mútuo para as eleições presidenciais. O Presidente foi mais longe e disse novamente que só Deus o tira da cadeira presidencial e o povo brasileiro está com ele pelas demonstrações de carinho e apoio por onde ele anda.

image.png

Bolsonaro em viagem oficial ao Maranhão (21.05.2021) SECOM.

No dia que Lula em entrevista ao Portal de Notícias Paris Match. É a primeira vez, oficialmente, que o ex-presidente (2003-2011) declara aquilo que todos já sabíamos.

Em contrapartida, Bolsonaro aproveitou o gancho das falas de Lula ao portal de notícias francês e disse no Maranhão onde ele se encontra nesta sexta-feira, 21 de maio, que só Deus o tira da cadeira presidencial e que tem certeza da sua reeleição em outubro de 2022. Bolsonaro aproveitou sua ida ao Maranhão e disse que "o comunismo não deu certo em lugar nenhum do mundo" e que a população do estado "será libertado dessa praga".

O presidente ainda disse que Lula é um ladrão e FHC é um vagabundo, após FHC publicar em suas redes sociais que jamais votaria em Bolsonaro e votaria em Lula numa eventual disputa entre os dois (polarização).

Bolsonaro diz que Maranhão será 'libertado da praga' em referência a Dino.

Em viagem ao Maranhão, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que o estado será "libertado da praga" do comunismo. O governador do estado, Flávio Dino, é filiado ao PCdoB (Partido Comunista do Brasil). O mandatário também atacou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que esta semana admitiu a possibilidade de ser candidato à Presidência em 2022.

image.png

Em um ataque direto ao governador do Maranhão e crítico do governo federal, Bolsonaro disse que o comunismo "não deu certo em lugar nenhum do mundo" e que a população do estado "será libertado dessa praga".

"Dizer a todos do Maranhão que perderam seus empregos, não foi obra do governo federal. Quem fechou o comércio, obrigou vocês a ficarem em casa e destruíram milhares de empregos foi o governador do seu estado", afirmou Bolsonaro.

Quanto a Lula Bolsonaro disse: 

"Falando em política, para o ano que vem, já tem uma chapa formada. O ladrão candidato a presidente e um vagabundo como vice.

Nesta quinta-feira em sua Live semanal, Bolsonaro disse que só as urnas podem o tirar de ser reeleito. O presidente foi mais longe e disse que é preciso o voto impresso nas urnas eletrônicas para dar maior transparência às eleições de 2022.

image.png

Bolsonaro chama FHC de "Cara de Pau".

O presidente em sua Live semanal também atacou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso “Cara de pau”, disse Bolsonaro, nesta quinta-feira, 20, durante tradicional transmissão ao vivo nas redes sociais. As falas em forma de crítica a FHC por parte de Bolsonaro se deu após o ex-presidente Fernando Henrique dizer que votaria em Lula em 2022 esquecendo a oposição natural entre tucanos e petistas. Nas falas de FHC, o voto em Lula é para tirar Bolsonaro de uma possível reeleição. FHC se encontrou com Lula na casa do ex-ministro do STF Nelson Jobim.