Português Italian English Spanish

"É muito difícil ser mulher trans, choro!", desabafa Jotta A, ex-cantor gospel evangélico.

"É muito difícil ser mulher trans, choro!", desabafa Jotta A, ex-cantor gospel evangélico.


Nascida em Guajará-Mirim, Rondônia, a ex-cantora Gospel revelada no programa do Raul Gil tem 24 anos. Iniciou sua carreira com 6 anos cantando em igreja evangélica. Aos 12 ficou conhecida nacionalmente com o álbum Geração de Jesus. Aos 20 abandonou a carreira gospel para se dedicar à música pop e reggaeton. Revelou recentemente ser mulher trans e que vem sofrendo muito preconceito: " As portas se fecharam para mim", desabando não ter conseguido mais espaço na música devido à sua opção sexual.

Ex-cantor gospel revelada por Raul Gil, Jotta A usou as redes sociais para relatar que sofre preconceito por se assumir mulher trans.

"Me lembro da primeira vez que sai na rua usando um vestido e voltei pra casa chorando… Eu nunca havia experienciado o assédio masculino antes; desde assobios até insultos. Também me lembro de reduzir o meu ciclo de amizades após ser objetificada de maneira não intencional por alguns amigos que me perguntavam quando iriam começar a crescer os meus seios ou se eu queria ter uma vagina. Assuntos sensacionalistas nos acompanham; da matéria em um portal de notícias até nas resenhas entre colegas. A verdade é que não existe 'local de fala' em uma sociedade onde todo mundo acha que tem o direito de opinar sobre você", desabafou ela.

Apesar do preconceito que enfrenta, cantora, de 24 anos, disse que aprendeu a se aceitar.

"Pude me olhar no espelho, provar as roupas que eu gosto, me maquiar de maneira desacelerada.

Jotta diz ainda que, posteriormente, irá dividir o segundo nome com os fãs. Ela reitera que, apesar de não ser fácil, está feliz por está vivendo esse processo:

"Recomeçar não é fácil, mas estou feliz por estar vivenciando todo esse processo. Feliz em ter tantas pessoas que me apoiam e acreditam em mim nessa nova etapa."

Iniciou sua carreira muito cedo, aos 6 anos de idade na música gospel, em 2003, com o álbum Sou Um Milagre. Alguns anos depois participou de um programa de calouros apresentado por Raul Gil, aos 12 anos, onde ficou muito conhecida por sua facilidade em chegar aos agudos. Tendo ganhado, assinou contrato com a gravadora Central Gospel, na qual lançou o álbum Essência , que lhe rendeu indicações ao prêmio Troféu Promessas. Em 2013, lançou o álbum Geração de Jesus, com participação da cantora Daniela Araújo como produtora musical que foi indicado ao Grammy Latino no ano seguinte.

Em 2017, liberou seu quarto trabalho, Recomeçar. No ano seguinte, lançou seu primeiro álbum em espanhol, Muéstrame Tu Glória, a canção título do álbum já lhe rendeu milhões de visualizações no Youtube, sendo um grande sucesso entre os países falantes dessa língua.

Em 2020, a cantora anunciou sua saída da música gospel para se lançar na música pop e reggaeton. Em 2022, Jotta A revelou através das Redes Sociais que é uma mulher transexual e começou o processo de retificação de nome de registro e de gênero.